Big Data: Saiba o que é e como utilizá-lo na sua empresa

Big Data: Saiba o que é e como utilizá-lo na sua empresa
Por  Admin  |   28 Jan 2021

Você sabe o que é Big Data? Nós simplificamos o conceito para você. Além disso, também explicamos porque ele é importante para a sua empresa e quais são os maiores desafios para a sua implantação. Veja:

Big Data: O conceito simplificado

Big Data é um termo utilizado para o processo de análise, execução e armazenamento de grandes volumes de dados. Por meio dele, é possível organizar e processar diversas informações de fontes distintas, que são classificadas em: dados estruturados, semi-estruturados e dados não estruturados. 

A diferença desse sistema para um banco de dados comum, é que ele pode coletar e processar dados não estruturados, como vídeos, fotos, áudio, etc. Enquanto um básico, processa apenas números, valores e caracteres.

Para se ter uma ideia de como o Big Data é importante, veja os números: cerca de 80% da informação espalhada pelo mundo é de dados não estruturados, ou seja, dados que podem ser armazenados e processados por esse banco de dados.

Como utilizar o Big Data na sua empresa

Agora que você tem uma noção da importância desse processador de dados, vamos listar algumas vantagens que você pode obter, se implantá-lo na sua empresa. 

Tomada de decisões melhores e mais rápidas

No sistema implementado é possível, por meio de algoritmos complexos, relacionar dados de fontes diferentes e transformá-los em informações relevantes para uma tomada de decisão mais rápida e assertiva. 

Isso acontece porque ele analisa o que já existe e aponta o que está por vir. Por exemplo: ele consegue prever como seus clientes vão se comportar, qual é a real situação financeira deles, no que estão interessados, etc. Por meio das previsões feitas pelo Big Data, também é mais fácil identificar possíveis crises financeiras e entender onde é melhor fazer cortes. 

Saiba o que o público pensa sobre sua empresa

Com o processador de dados mais complexo, você consegue desenvolver um programa para descobrir as impressões que seus clientes têm sobre a sua marca. Isso é importante porque saber o nível de satisfação e principalmente de insatisfação dos clientes é muito relevante, uma vez que pode evitar a perda de consumidores e ajudar a melhorar a qualidade do serviço que você oferece.

Você deve estar se perguntando: mas como esse sistema pode ajudar? Ele ajuda porque consegue reunir informações de diversas fontes, ou seja, ele consegue coletar comentários e discussões acerca de sua empresa em diversas plataformas, como redes sociais, sites e fóruns on-line. 

Gerenciamento de risco facilitado

Por meio do Big Data, é muito mais fácil saber se o cliente tem o nome limpo na "praça": com a possibilidade de coletar informações de lugares distintos, é possível saber a renda, gastos, dívidas, entre outras informações financeiras relevantes para a liberação de crédito, por exemplo. 

Desse modo, é possível criar um processo interno, com parâmetros pré definidos pela empresa, capaz de identificar quem são os clientes de risco, e os mais confiáveis. Fazendo com que o gerenciamento de risco se torne uma tarefa simples, que evita inadimplências.

Aumento na cartela de clientes

É fato que o marketing personalizado gera muito mais resultado que o que atira para todos os lados, certo? Então, o Big Data também pode ajudar a sua equipe de marketing e vendas a alcançar potenciais clientes de forma mais assertiva. 

Isso porque ele coleta informações do Google, redes sociais, serviços de stream e os utiliza para apontar quais produtos são mais relevantes para diferentes perfis de clientes. 

Melhor desempenho do que seus concorrentes

Segundo a companhia norte-americana Bain & Company, empresas que utilizam o Big Data acabam tendo cinco vezes de chances a mais para tomarem decisões mais rápidas, além de terem um desempenho duas vezes superior aos seus concorrentes.

Desafios para implementar o Big Data 

O Big Data é, indiscutivelmente, uma grande vantagem para as empresas. Mas também é necessário fazermos um alerta sobre os desafios que envolvem a sua implantação.  Por isso, também listamos algumas dificuldades que você pode encontrar pelo caminho:

A análise de dados

Fazer coleta de dados é somente uma parte do processo, porém, saber como utilizá-los e quais serão os dados mais relevantes para a tomada de decisão, é de extrema importância. Consequentemente, é indispensável a criação de uma curadoria de análise de dados dentro de sua empresa. 

Infraestrutura de TI adequada

Outro fator bastante desafiador, é obter uma infraestrutura de TI adequada. Pois, além da escolha das tecnologias mais relevantes, como bancos de dados altamente capazes de armazenar e processar a quantidade absurda de informações. Também é  preciso ter monitoramento de data center e utilizar ferramentas adequadas de proteção destes dados, como firewalls e uma política de controle de acessos bastante rígida. A computação em nuvem, por exemplo, é uma alternativa para reduzir os custos de um Big Data.

Comunicação mais alinhada

Não é de hoje que a equipe de TI precisa trabalhar lado a lado com executivos, e um sistema mais avançado exige que esse estreitamento seja ainda maior e mais harmonioso. Desse jeito, o desempenho da empresa ao adotar o sistema vai ser notável. 

Profissionais e parceiros qualificados

O bom desempenho de um Big Data também depende de parceiros com ferramentas que melhorem seu desempenho e profissionais com conhecimento em matemática, estatísticas e linguagens de programação. 

Agora que você já conhece o conceito de Big Data, nós indicamos a leitura do nosso artigo sobre inteligência artificial

Tags

Fale Conosco

Entre em contato para solicitar um orçamento.

Nome
Email
Telefone
Mensagem

Newsletter

Fique informado das novidades, promoções e dicas para tornar a sua empresa ainda melhor.

você deseja adicionar Easy na sua tela inicial!

SIM EU QUERO!