5 Dicas de como criar uma startup de sucesso.

5 Dicas de como criar uma startup de sucesso.
Por  Admin  |   21 ago 2018

Com pouca experiência, talvez você ainda ache que começar uma startup é simples, sem muitos custos nem tampouco erros e problemas. Talvez você ainda encare o lançamento de uma startup como um eterno Startup Weekend. Mas, na realidade, iniciar uma startup é um negócio bem diferente do ideal. A realidade exige cuidado, atenção e muita seriedade. Ter uma ideia e trabalhar para colocá-la em prática tem o seu encanto. O gosto pelo desafio nos move a sonhar e planejar. Mas esta fase romântica de uma startup tem que ser vencida, para que ela realmente aconteça.

Uma startup tem um grande número de definições. Mas a mais utilizada e aceita pelos investidores é “uma organização que busca um modelo de negócios repetível, escalável e que trabalha em condições de extrema incerteza, gerando um impacto social positivo.”

Podemos ver nesta definição algumas palavras e termos que nos fazem raciocinar. A palavra “incerteza” é a dúvida de que o projeto realmente dará os resultados esperados, ou seja, se a startup realmente transformará ideia em valor. A palavra “repetível” significa que a empresa será capaz de entregar o mesmo produto em grande escala. O termo “impacto social positivo” é a necessidade de atender a demanda e transformar a vida das pessoas. Ser “escalável” é crescer cada vez mais.

Para que a startup atenda todas estas condições, o sucesso em seu início é fundamental. Começar bem é a premissa para que o negócio tenha uma jornada promissora. Para isso, preparamos algumas dicas pertinentes para esta fase tão importante.

Tenha uma equipe competente.

Para tirar uma ideia do papel e efetivá-la no mercado, toda startup precisa ter uma equipe qualificada e engajada. Com um time alinhado e comprometido com os resultados, as metas ficam mais fáceis de serem atingidas.

Trace um plano de negócios.

É importante estabelecer a estrutura da startup, assim como o seu planejamento, estratégico e financeiro. Este processo é fundamental para que a empresa tenha objetivos e saiba para onde quer chegar.

Não demore para lançar o seu produto.

Depois de definir o planejamento, é hora de colocar a ideia em prática. Mas esta fase não pode demorar muito para ser concretizada, por um motivo muito óbvio e não menos importante: é a única maneira de ver se realmente o produto resolve os problemas e as necessidades dos usuários. Você pode discordar, mas a experiência de inúmeras startups já mostrou que é preferível lançar um produto MVP o mais rápido possível e depois conversar com os clientes, do que demorar construir o produto “perfeito”.

Gere valor.

Passada a fase do “experimento”, levantando erros e acertos, chegou a hora de agregar valor ao seu produto. Para isso, é preciso pensar como o cliente, se colocar no lugar dele. Faça perguntas do tipo “estou realmente atendendo as necessidades do meu cliente?” ou “O que faz o cliente comprar o meu produto e não o do concorrente?”. Questões como estas ajudam a entender o cliente e a partir daí gerar estratégias.

Evite escalar.

Muitos investidores tendem a incentivar as startups a escalarem cedo, exigindo dos mesmos um nível de tecnologia e processos para suportar este crescimento. Esta prática, muitas vezes, leva ao fracasso da startup. A dica é obter seu primeiro cliente por qualquer meio, mesmo que possa gerar um grande esforço manual. No início, os founders ainda estão tentando descobrir o que precisa ser construído. Para isso, é necessário ouvir os usuários, ter contato diário com os clientes.

Um exemplo prático desta dica é o caso da Airbnb. Durante a concepção do produto, eles se ofereceram para fotografar profissionalmente as casas de seus primeiros clientes, deixando-as mais atraentes. Esta ideia foi fundamental para uma aproximação, podendo obter informações valiosas e melhorar as conversões. Era praticamente impossível escalar este processo, mas ele foi importante para aprender ou construir um produto realmente eficaz e dono de um grande sucesso no mundo inteiro.

Tenha um banco de dados.

O lançamento de uma startup exige um gerenciamento eficaz e um planejamento de ações. E uma solução para viabilizar este processo é o armazenamento e gerenciamento de um banco de dados. Esta prática oferece uma série de informações importantes para entender o comportamento da empresa, além de gerar dados que servirão para decisões futuras.

Conte com parceiros e fornecedores certos.

Por melhor que seja, nenhuma startup é capaz de se lançar sozinha. Ela precisa ter fornecedores e parceiros de confiança ao seu lado, cada um em sua competência e com o propósito comum de fazer aquela ideia acontecer e ser um sucesso no mercado.


A Easy Communication & Technology está preparada para ser este parceiro e auxiliar na viabilização de uma startup. Uma empresa completa, com um histórico de conquistas e uma carteira de clientes de respeito, que desenvolve ideias e sistemas para que uma ideia ganhe vida e conquiste o mercado. Apesar da extensa bagagem e dos cases importantes, A Easy também começou um dia e enfrentou desafios semelhantes. Portanto, conhece este processo e está pronta para oferecer a sua experiência nesta fase decisiva para uma startup. Lembre-se: começar bem, com parceiros e fornecedores experientes, é fundamental para um caminho de sucesso.

Tags

Fale Conosco

Entre em contato para solicitar um orçamento.

Nome
Email
Telefone
Mensagem

Newsletter

Fique informado das novidades, promoções e dicas para tornar a sua empresa ainda melhor.

você deseja adicionar Easy na sua tela inicial!

SIM EU QUERO!